segunda-feira, 4 de abril de 2011

Moema II

No balanço das ondas te conheci
No balanço das ondas te vi e
No balanço das ondas te amei

O dia estava lindo, o mar estava azul
As ondas impressionantes, dia quase
Perfeito, só ficou perfeito quando te olhei.

Desde aquele dia gostei de ir ao mar.
Só para poder te olhar e admirar a beleza do seu olhar.

Toda vez que vou no mar lembro de você,
Só de ir no mar vejo você.
Só por existir o mar, existe você.

Agora estou aqui, num lugar sem mar.
Sem poder ver o mar mas,
Mesmo assim lembro do seu olhar.

Um comentário:

  1. Acho que eu morria se um dia alguém escrevesse algo pra mim (:

    ResponderExcluir